agua guariroba

LIGA MS DE FUTSAL DE BASE DEFINE CAMPEÕES NA FRONTEIRA

Por Redação em 20/11/2023 às 12:27:57

O Futsal é apaixonante, tal qual o futebol, pois ambos mexem com as emoções dos praticantes e torcedores. Imagine quando essa paixão envolve pais e mães que se deslocam quilômetros pelo estado de Mato Grosso do Sul para assistir seus filhos? É pura emoção.

Convém falar não só sobre os jogos e os resultados em si, mas também os bastidores e dificuldades para organizar uma competição sem muito dinheiro. Eu posso dizer, pois já estive desse lado várias vezes e sei a luta que é.

Começaremos então pelo alojamento, cedido pelo município parceiro. Geralmente é uma escola, que além das salas para acomodar atletas, dirigentes e pais, é necessário ter banheiro e chuveiro em condições. Nós sabemos quão difícil para escolas públicas manter esses espaços funcionando com perfeição. E não é só isso. Onde se aloja, também são feitas as refeições, porém as pessoas são contratadas para executar esse serviço, sendo que na maioria das vezes são realizadas pela própria comunidade, ou seja, gera renda. Posso confessar: as refeições estavam sensacionais.

Outro fator importantíssimo são os ginásios. Em Ponta Porã e Pedro Juan Caballero, que sediaram a Liga MS de Futsal Sub 9 e 11 masculino, estavam impecáveis! Ótima estrutura e recém-reformados, um brinco. Muitos reclamaram de banheiros sujos e sanitários entupidos, porém tenho que ressaltar que o nosso público, digo a minoria, não tem a cultura de preservar os espaços públicos e acabam jogam lixo nas arquibancadas e até mesmo dentro dos vasos sanitários. Uma lástima. Dessa forma prejudicou os demais.

O que me chamou a atenção nessa Liga, porém, foram as torcidas das equipes dos pequenos atletas, que saíram de Corumbá, Rio Brilhante, Dourados, Campo Grande e da equipe da casa, para lotar as arquibancadas e fazer uma festa sem igual. Isso denota que o futsal e o futebol em nosso estado ainda sobreviverão.

Quero registrar a equipe da Liga e dos municípios que conduziram com maestria essa competição. O presidente da Liga: Wilmar Borges, Vice Presidente: Marcinho (o goleiraço de futsal). Na parte de organização e logística da Liga na Fase Ponta Porã, Dr. Flavio Castel e os membros da Escolinha Titãs. A Liga ainda contou com o apoio do Vereador Vanderlei Avelino, conhecido como Prof Zezão, Secretaria de Esportes, Educação e Saúde de Ponta Porã, Prefeitura de Pedro Juan, de Ponta Porã e Arbitragem da FFSMS.

Vamos aos resultados:

Na categoria Sub 9:

1º Lugar: Escolinha do Bayern – Campo Grande

2ª Lugar: Escolinha Titás – Ponta Porã

3º Lugar: Mussi Sports – Campo Grande

Na categoria Sub 11:

1º Lugar: Mussi Sports – Campo Grande

2ª Lugar: Escolinha Pelezinho – Campo Grande

3º Lugar: Escolinha Titãs – Ponta Porã

Na grande final da categoria sub 9 prevaleceu o favoritismo da equipe do Bayern, da capital, mas não pensem que foi tranquilo. O placar final não revelou a dificuldade do jogo, ficou 7 a 4 para os campeões, porém chegou um momento na segunda etapa que a excelente equipe da Escolinha Titãs encostou no marcador e colocou o Bayern nas cordas. A reação, contudo, veio próxima ao fim do jogo e na vontade de virar a partida os ponta-poranenses se lançaram ao ataque e acabaram tomando o gol derradeiro, que jogou um balde de água fria no ímpeto da equipe.

Já no sub 11, entre Mussi Sports e Pelezinho, teve emoção até o final. O time do Mussi abriu a contagem no início do segundo tempo, mas faltando 26 segundos para acabar a partida o Pelezinho empatou. Decisão nos pênaltis. Haja coração, amigo!!! (tive que parafrasear o celebre Galvão Bueno). Com um erro para cada lado nas cinco primeiras cobranças, as penalidades foram para alternadas. Pelezinho bateu e o goleiro Yuri defendeu. Coube a Thales, do Mussi Sports, marcar e decretar a vitória, consequentemente o título da competição.

Foi incrível para todos que ali estavam no ginásio, pois puderam contemplar verdadeiros espetáculos de Futsal.

Para finalizar, parabenizo o Professor Márcio Aparecido, o Marcinho, pelo excelente trabalho e por acreditar nas categorias de base, assim como o presidente da Liga MS Wilmar Borges.


Comunicar erro
SUPREME

Comentários

ANUNCIA