agua guariroba

Suspeito de tentar roubar motorista de app morre em confronto com a PM

Um homem, ainda não identificado, morreu na madrugada desta quarta-feira (16), em confronto com uma equipe da Força Tática da Polícia Militar, no Jardim Centro Oeste, em Campo Grande.

Por Redação em 16/05/2024 às 09:06:25

Foto: O Popular

Um homem, ainda não identificado, morreu na madrugada desta quarta-feira (16), em confronto com uma equipe da Força Tática da Polícia Militar, no Jardim Centro Oeste, em Campo Grande. O autor era suspeito de tentar roubar um motorista de aplicativo, juntamente com um comparsa.

Segundo boletim de ocorrência, o motorista de aplicativo entrou em contato com a PM, via 190, relatando que teria sido vítima de uma tentativa de assalto. Ele contou que recebeu uma chamada e ao chegar na rua solicitada, avistou dois homens indo em sua direção, sendo que um deles, tirou algo de sua cintura, que aparentava ser uma arma de fogo. O motorista, de imediato, fugiu do local e em seguida fez o contato com a PM.

Uma equipe da Força Tática foi empenhada para atendimento da ocorrência e ao chegar na região da tentativa de roubo, pela Rua Itapevi, localizaram dois homens, que ao perceberem a presença policial fugiram em direção a uma casa na Rua Seringueiras, sendo que um deles correu pela lateral no imóvel e outro para o interior da residência.

Um dos suspeitos não foi localizado, depois de ter pulado alambrados de madeira, no quintal do imóvel. Já o segundo, armado, efetuou dois disparos na direção da equipe, quando da aproximação da porta da residência. Na sequência, ele correu para outro cômodo da casa e lá tentou atirar novamente, mas foi contido com um disparo efetuado por um dos integrantes da equipe policial.

Ferido no tórax, foi socorrido até a Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do Jardim Universitário, mas acabou falecendo em decorrência do ferimento.

Com o autor foi apreendido um revólver calibre 32, com duas munições deflagrada, uma que falhou e mais três intactas. Na casa, os policiais encontraram uma balança de precisão e dois tabletes de maconha sobre uma cama.

O caso foi registrado como tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, tentativa de homicídio e homicídio decorrente de oposição à intervenção policial.

Comunicar erro
SUPREME

ComentĂĄrios

ANUNCIA