agua guariroba

Juízes de MS integram administração da Associação de Magistrados da Infância e Juventude

Por Redação em 16/05/2024 às 17:31:55

Titular da Vara da Infância, da Adolescência e do Idoso de Campo Grande, a juíza Katy Braun do Prado foi eleita secretária-geral da Associação Brasileira de Magistrados da Infância e Juventude (Abraminj) nesta quarta-feira, dia 15 de maio. O juiz Eguiliell Ricardo da Silva, da Vara da Infância e da Adolescência de Dourados, por sua vez, foi escolhido como secretário-adjunto. A eleição de ambos aconteceu em Florianópolis/SC durante encontro de juízes de todo o país que atuam na área da infância e juventude.

Desde a última quarta-feira, dia 15 de maio, representantes do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul participam de quatro encontros para magistrados de todo o país atuantes nesta área. Organizados pela Abraminj, os eventos acontecem até o dia 17 de maio na capital de Santa Catarina.

Além dos magistrados já citados, a comitiva do TJMS é formada pela desembargadora Elizabete Anache, responsável pela Coordenadoria da Infância e da Juventude, e pela juíza Melyna Machado Mescouto Fialho, da comarca de Jardim.

Nos três dias de eventos estão sendo realizadas o 24º Colégio de Coordenadores da Infância e da Juventude dos Tribunais de Justiça do Brasil (Colinj), o 26º Fórum Nacional da Justiça Protetiva (Fonajup), o 33º Fórum Nacional da Justiça Juvenil (Fonajuv) e o 28º encontro da Abraminj.

Com apoio do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), toda a programação acontece na Escola Superior da Magistratura de Santa Catarina (Esmec). Ao longo dos dias foram proferidas palestras sobre diversos temas, como direitos da infância e juventude, ato infracional, medidas socioeducativas, rede de atendimento municipal, acolhimento institucional e primeira infância.

Saiba mais – Fundada em 1968, a Abraminj reúne cerca de 900 magistrados da área infantojuvenil. A entidade tem por objetivo a defesa dos direitos constitucionais das crianças e dos adolescentes e a atuação pela efetiva implantação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A Associação tem a missão de apoiar e fortalecer a atuação dos magistrados da Infância e da Juventude, a fim de possibilitar o compartilhamento de discussões e experiências que possam contribuir com os trabalhos desenvolvidos na área.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Tribunal de Justiça de MS

Comunicar erro
SUPREME

Comentários

ANUNCIA