agua guariroba

Dourados: Geraldo destaca conquista da 2.ªetapa do Hospital da Mulher e da Criança

Novo bloco demandará investimentos der R$ 31 milhões, terá 3,6 mil metros quadrados, com 20 leitos de UTI Pediátrica, 20 de UTI Neonatal, 30 leitos neonatais de cuidados intermediários, entre outras estruturas

Por Redação em 03/04/2024 às 13:15:09

"Valeu a pena todo o esforço que fizemos, logo que retornamos a Brasília, no início do ano passado para garantir conquistas para a saúde de Dourados e de toda a região". A afirmação é do deputado federal Geraldo Resende (PSDB), ao participar do anúncio dos recursos para a construção da segunda etapa do Hospital da Mulher e da Criança, na tarde de terça-feira (2) em Dourados.

O parlamentar destacou as articulações que fez para garantir a inserção de recursos da ordem de R$ 31 milhões para a obra, no Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do Governo Federal. A ordem de serviço dever√° ser assinada nas próximas semanas pelo ministro da Educação, Camilo Santana.

A confirmação da notícia, que j√° tinha sido dada pelo deputado, aconteceu durante vistoria técnica feita no Hospital Universit√°rio de Dourados e na chamada UMC – Unidade da Mulher e da Criança pelo presidente da Ebserh (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares), Arthur Chioro. A agenda teve a participação de Geraldo Resende, do prefeito Alan Guedes, e do superintendente do HU, Hermeto Paschoalick, entre outros técnicos e profissionais.

"Lutamos e conseguimos edificar, em Dourados, uma unidade hospitalar que tem um altíssimo padrão de estrutura e atendimento, j√° em sua primeira etapa. Agora, estamos presentes também na conquista dessa nova fase, que garante a construção de um novo bloco e ampliação para 45 novos leitos pedi√°tricos e de UTI Neonatal", salientou Geraldo Resende. "E continuamos atentos para outras conquistas que iremos anunciar nos próximos dias", salientou o parlamentar.

A segunda fase do Hospital da Mulher e da Criança ter√° mais de 3,6 mil metros quadrados de √°rea construída. Vai ofertar 20 leitos de UTI Pedi√°trica, 20 de UTI Neonatal, banco de leite, consultórios, 30 leitos neonatais de cuidados intermedi√°rios, além de outros 10 leitos para partos "canguru".

Novas lutas

O deputado Geraldo Resende tem sido um interlocutor permanente da direção da Universidade Federal de Dourados (UFGD) e do Hospital Universit√°rio de Dourados, fazendo a "ponte" com o Ministério da Saúde, Ministério da Educação e Ebserh. Desta forma, em Brasília, o parlamentar vem apresentando todas as demandas da Universidade, propondo soluções, apresentando projetos e buscando recursos.

Por isso, o parlamentar comemorou a garantia de mais R$ 13 milhões, que j√° estão sendo aplicados, na ampliação e reformas de todas as enfermarias do Hospital Universit√°rio. Essas medidas possibilitarão, inclusive, a incrementação da nefrologia, garantindo a oferta, nos próximos meses, do serviço de hemodi√°lise para os pacientes do SUS de toda a região.

Outra tratativa que o deputado Geraldo Resende j√° vem fazendo com a direção do HU/UFGD e Ubserh, é a implantação de um Centro de Alta Complexidade em Oncologia (CACON) no Hospital Universit√°rio de Dourados.

O presidente da Ebserh disse que é favor√°vel à proposta, e que esta é, inclusive, condição para que o HU cumpra o papel de formar profissionais com excel√™ncia. No entanto, salientou que a ideia do CACON no HU-Dourados precisa ter a participação, inclusive financeira, do Município de Dourados e do Governo do Estado.

"Sabemos que Dourados, pela sua localização geogr√°fica e refer√™ncia em saúde para 33 municípios da região, precisa de um serviço de oncologia no hospital da universidade. É uma alternativa para muitos pacientes, que hoje viajam a grandes distâncias até Campo Grande-MS ou Barretos-SP para consulta médica em oncologista ou realizar tratamentos. A cardiologia é outra especialidade que precisa ser incrementada no HU/Dourados e vamos lutar, com todas as forças, para isso", conclui o deputado Geraldo Resende.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Deputado Federal

Comunicar erro
SUPREME

Coment√°rios

ANUNCIA